A conquista do ouro olímpico pelo futebol brasileiro

RIO DE JANEIRO - 20/08/2016 - FUTEBOL - ESTÁDIO DO MARACANÃ - Brasil x Alemanha, na disputa pela medalha de ouro, nos Jogos Rio 2016. Foto: Washington Alves/Exemplus/COB

RIO DE JANEIRO – 20/08/2016 – FUTEBOL – ESTÁDIO DO MARACANÃ – Brasil x Alemanha, na disputa pela medalha de ouro, nos Jogos Rio 2016. Foto: Washington Alves/Exemplus/COB

Por Vanessa Ribeiro.

Após a tão sonhada conquista da medalha de ouro pela equipe masculina de futebol olímpico, muita coisa foi dita sobre o técnico Rogério Micale e seus comandados. Neymar conseguiu acertar o pênalti, Weverton defendeu a cobrança do time alemão, mas uma conquista tão importante vai muito além das 4 linhas do gramado verde no lendário estádio do Maracanã.

O Brasil já tinha estado em finais olímpicas em outras 3 oportunidades, quando recebeu a medalha de prata, e outras duas vezes ganhou o bronze olímpico, ao perder na semifinal. O que fez com que o resultado do dia D fosse diferente desta vez? Apenas sorte?

weverton

 

É preciso lembrar de alguns fatores, além das pressões naturais que equipes e atletas em alto nível sofrem em decisões. O Brasil veio de uma derrota humilhante na última copa do mundo – contra a mesma equipe alemã, na final – e, mais uma vez jogava em casa, com a torcida verde e amarela nos estádios sendo a esmagadora maioria.

Esta torcida, no entanto, teve um papel muitas vezes considerado negativo durante o campeonato mundial. A obrigação de vencer em casa era muito grande, jogadores experientes a sentiram e – no caso da seleção olímpica, apenas jogadores menores de 23 anos mais 3 exceções podem jogar – com os mais novos não seria diferente.

micale

 

O comitê olímpico brasileiro contava com 30 profissionais de psicologia esportiva em seu staff, mas Rogério Micale preferiu não ter um psicólogo especializado em sua comissão técnica. Preferiu utilizar-se dos ex-jogadores e outros profissionais de sua equipe, mesmo revelando seu próprio nervosismo com a tarefa.

Não houve grandes explosões emocionais de choro e brigas, como aconteceram em 2014. Neymar chegou a ser expulso na partida contra a Colômbia, mas conhecendo o estilo catimbeiro do time da terra da cantora Shakira, entende-se que ele foi muito provocado. Cabe aos responsáveis tomar uma decisão antecipada. O Brasil vai continuar dependendo da sorte do dia ou Tite mudará os rumos na preparação emocional da equipe canarinho para a próxima copa?

maxresdefault

 

***
Abraços
Até!!!

 

 

 

Gostou? Insira o seu email para receber as atualizações do blog!

No spam guarantee.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

2 ideias sobre “A conquista do ouro olímpico pelo futebol brasileiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *