Copa do Mundo de Futebol – um pouco de psicologia e alguns palpites …

A Copa do Mundo de Futebol começou hoje. Serão 32 seleções nacionais divididas em 8 grupos. É o maior evento esportivo do planeta em termos de audiência, publicidade e lucros, ganha até dos Jogos Olímpicos.

Copa do Mundo de Futebol - um pouco de psicologia e alguns palpites ...A Copa é o momento máximo na carreira de um jogador de futebol, de um técnico,  de uma comissão técnica e até dos árbitros e auxiliares. Vencer a Copa do Mundo é o sonho de infância de qualquer jogador de futebol.

Destaques (positivos e negativos):

Nesse mundial além dos campeões: Brasil (5 vezes), Itália (4 vezes), Alemanha (3 vezes), Argentina e Uruguai (2 vezes), Inglaterra e França (1 vez). Outras seleções se destacam: Holanda, Espanha, Portugal, Àfrica do Sul, Costa do Marfim e Nigéria.

O Brasil, a Itália e a Alemanha, em apenas duas finais  um desses times ficaram de fora da decisão (1930 e 1978) . Não é à toa  que essas seleções são as maiores vencedoras de Copas do Mundo. Tradição, mística da camisa, títulos,  podem ajudar a desequilibrar um advesário. Portanto, esses países serão favoritas sempre independentemente do momento que atravessam seus jogadores.

A seleção brasileira como sempre é o principal favorito para ganhar a Copa do Mundo, principalmente pela história vitoriosa em mundiais. O time de Dunga chega a África do Sul com números incontestáveis: campeão da Copa América, da Copa das Confederações e melhor time das eliminatórias, com vitórias contundentes contra seus maiores rivais sulamericanos a Argentina em Rosário 3X1, e 4×0 contra o Uruguai em Montevideu . Porém, essa seleção não é umanimidade, muito pelo contário é uma das seleções mais contestadas pelo seu torcedor pela falta de identificação dos mesmos com os jogadores, principalmente pela falta de craques talentosos que fazem parte historicamente da tradição brasileira.

 O Brasil têm grandes condições de vencer o mundial e não será surpresa se isso acontecer, mesmo com um elenco que não é dos sonhos do torcedor. Kaká, Julio Cesar, Robinho, Lúcio e Luis Fabiano são as grandes esperanças do brasil na Copa.

A Itália vêm renovada com muitos jogadores que disputam um mundial pela primeira vez, mas possuí 9 campeões mundias de 2006 em seu elenco. Tradicionalmente a Itália sempre chega desagreditada e acaba surpreendendo.

Na Alemanha a ausência mais sentida é Michael Ballack cortado por lesão. As esperanças estão no futebol de Klose, Lahm, Podolski, Mario Gomez e do brasileiro naturalizado Cacau. A Alemanha e o Brasil participaram de 7 finais de mundiais, são os recordistas.

A seleção Argentina por pouco não se classifica para o mundial. Mas seus jogadores individualmente atravessaram um momento excelente em seus clubes e isso pode ser muito favorável para o time de Diego Armando Marodona. Lionel Messi é atualmente o melhor jogador do mundo, vive seu auge no Barcelona. Diego Milito é o melhor atacante europeu, atual campeão da europa pela Internazionale de Milão. Carlos Tevez é destaque de seu time, o Manchester City e fez um excelente campeonato inglês. Aguero é campeão da Europa League e foi um dos principais jogadores do Atlético de Madrid. A defesa é a principal dificuldade da seleção Argentina pela falta de talentos de seus jogadores nessas posições.

O English Team é apontado por muitos como um dos times favoritos ao título. O ponto forte da Inglaterra é o meio campo, possuí um dos melhores entre as seleções no mundial. Jogadores como: Frank Lampard, Steven Gerrad, Joe Cole, Aaron Lennon, Shaun Wrigth-Phillips podem desequilibrar uma partida a favor de English Team.

O ponto fraco dessa seleção é o ataque, Wayne Rooney é um excepcional jogador mas encontra-se em recuperação de lesão. Os outros atacantes não estão no mesmo nível de Rooney. A zaga inglesa também pode apresentar problemas, já que Rio Fernandinad foi cortado do mundial há poucos dias. Esse será o maior desafio da carreira do técnico super vencedor (campeão pelo Milan, pela Juventus, pela Roma e pelo Real Madrid), o italiano Fabio Capello. Experiência com grandes desafios dirigindo grandes times ele possuí, penso que esse aspecto é um dos pontos fortes que pode favorecer os ingleses.

França e Uruguai estão no mesmo grupo, junto com a anfitriã e com o México. Apesar de nos últimos anos o futebol francês ter evoluido, ter vencido o mundial em casa em 1998 e ter sido vice na edição passada, não acredito no time da França. Trata-se de um time com muita desconfiança principalmente depois de sua classificação polêmica diante da Irlanda, quando o atacante Henry usou sua mão para carregar a bola e dar o passe para o gol da classificação de seu time. O técnico é cercado  de polêmicas extra-campo, pois utiliza de metódos pouco confiáveis como a astrológia para convocar seus atletas. Deixou jogadores importantes de fora devido a esse critério, entre eles, o jovem atacante do Real Madrid, Benzema. A frança ainda sente falta da criatividade de Zidane e não existe no elenco atual algum jogador que possa substituir o mesmo.

O Uruguai tem alguns bons jogadores, os “Diegos” Forlán, Perez e Lugano são os que mais se destacam. Mas tem um elenco fraco. O Uruguai irá ter dificuldades inclusive de passar da primeira fase do mundial.

Frequentemente as surpresas das Copas nunca venceram, o máximo que conseguiram foram chegar a final do mundial. Seleções que encantaram o mundo como a Hungria de 1954 de Ferenc Puskás e a Holanda de 1974 de Johan Cruyff não conseguiram se tornar campeãs. Será que acontecerá o mesmo com a “bola da vez” que é a seleção Espanhola? A atual campeã Europeia é apontada por muitos como a principal candidata ao título, por jogar um futebol ofensivo, criativo, bonito de se ver que encanta os amantes do futebol arte. A Espanha,  possuí um time com excelentes jogadores que são destaque em seus clubes e vêm encantando torcedores mundo à fora, os principais jogadores são: David Villa, Fernando Torres, Iniesta, Xavi,Fabregas, Carles Puyol.

A Holanda  é constantemente  apontada como candidata à vencer o mundial. Grande parte dessa expectativa se dá, principalmente,  porquê seus jogadores ao longo da história são sempre destaques de algum grande clube europeu pela qualidade que apresentam. Os treinadores holandeses são inovadores do ponto de vista tático e frequentemente a seleção holandesa  pratica um futebol vistoso e ofensivo. Esse ano as expectativas não são diferentes, Arjen Robben (se conseguir se recuperar de recente contusão), Wesley Sneijder, Rafael van de Vaart, RobinVan Pierse e Dirk Kuyt são as esperanças da ” Laranja Mecânica” para surpreender no mundial, e consquistar pela primeira vez uma Copa do Mundo.

O time de Portugal é bom e deposita suas esperanças nos pés de Cristiano Ronaldo, o melhor jogador português na atualidade e um dos melhores do mundo. Conta com mais três luso-brasileiros, Deco, Liédson e Pepe. Mas, acho que se encontrar com uma seleção de maior tradição não conseguirá avançar, isso se conseguir passar da primeira fase, já que está num dos grupos mais difíceis do mundial, junto com o Brasil, a Costa do Marfim e a Coreia do Norte.

A seleção anfitriã se conseguir passar para as oitavas de final será um feito espetacular dos Bafana-Bafanas, pois o país possuí pouca tradição no futebol. Porém, se lembrarmos da Copa de 2002, quando a Coreia do Sul era uma das anfitriãs e conseguiu eliminar a Espanha e a Itália e chegar as semi-finais de maneira surpreendente. Esse acontecimento é a esperança dos atletas comandados por Carlos Alberto Parreira e de sua eufórica torcida que utilizará suas “vuvuzelas” a favor de seus atletas e contra seus adversários.

A seleção da Nigéria uma das mais tradicionais seleções africanas, nesse mundial está num momento ruim, seu principal jogador Obi Mikel foi cortado por lesão. As esperanças estão no futebol de Obafemi Martins. Penso que as chances da Nigéria nesse mundial são remotas, inclusive para passar de fase, já que está no mesmo grupo de Argentina, Grécia e Coreia do Sul.

Os outros africanos que  provavelmente “darão trabalho” as seleções tradicionais serão a Costa do Marfim e Camarões. A seleção marfinense atualmente é a melhor seleção do continente africano do ponto de vista técnico. Eles estão no mesmo grupo do Brasil e pode ser a surpresa do grupo. Seus jogadores estão jogando em grandes clubes europeus Didier Drogba (Chelsea – Inglaterra),  Abdul Keita (Galatasaray – Turquia), Emmanuel Eboué (Arsenal – Inglaterra), Kolo Touré (Manchester City – Inglaterra), Yaya Touré (Barcelona – Espanha) e Salomon Kalou (Chelsea – Inglaterra).

Os Leões Indomáveis, apelido da seleção camaronesa não terão vida fácil nesse mundial. Estão no grupo da Holanda, Japão e Dinamarca. Samuel Eto’o, atacante da Internaziole de Milão é atualmente a maior estrela da geração de jogadores de seu país e dificilmente ele sozinho conseguirá fazer com que sua seleção encante o mundo como em outros mundiais.

Um pouco de Psicologia.

Como são poucos jogos, apenas 7 para os finalistas, a parte física é muito importante. O aspecto psicológico é tão importante numa Copa do Mundo com os aspectos físicos e deveria ter o mesmo peso numa preparação atlética antes e durante a competição. Mas ainda as questões psicológicas são renegadas pela grande maioria das seleções. Eu desconheço a informação de que alguma seleção irá levar um psicólogo do esporte em sua comissão técnica para auxiliar seus atletas durante a Copa. Talvez algum colega possa estar presente entre os americanos,  ingleses,  espanhóis ou entre os portugueses, que são alguns dos países que investem em psicologia do esporte.

Frequentemente quando se fala de psicologia do esporte, a motivação é dos principais temas abordados. Para a carreira de um atleta de futebol não existe motivação superior do que ter a oportunidade de participar do maior evento esportivo do planeta. Não acredito que exista algum jogador desmotivado nesse mundial. Mesmo entre os reservas a motivação muito provávelmente estará presente, para aproveitar as oportunidades durante um jogo e até mesmo diante dos treinos.

O mundial dura apenas um mês, são poucos jogos e não há muito tempo para recuperação caso alguma equipe tropece. A concentração e atenção são as habilidades psicológicas mais exigidas. Controlar a ansiedade é extremamente necessário, excesso de ansiedade pode proporcionar alguma falha, e isso  será crucial durante uma partida.  Portanto, estar em estado otímo de  ativação é fundamental para conseguer controlar e manter o equilibrio das emoções e das habilidades psicológicas  durante os jogos.

A recuperação  psicológica é determinante para os atletas e para a comissão técnica . Geralmente as partidas são tensas e o compenente estressor estará presente antes, durante e após as mesmas. Saber relaxar é imprescindível após esses eventos. Técnicas de relaxamento um dia após as partidas auxiliam muito,  inclusive na recuperação física dos jogadores.

Meus favoritos:

Acredito que o título fique entre o Brasil, a Argentina ou a Inglaterra. A Espanha e a Holanda ficam nas semifinais.

Torço pelo Futebol acima de tudo. Obviamente que torcerei pela seleção brasileira, mas não sou ufanista e muito menos adepto dessa pregação patriota e nacionalista que frequentemente vemos e ouvimos durante essa época.

Vou torcer para que a Copa seja um evento que traga alegria, momentos de fraternidade e paz entre os povos. A África do Sul apesar de suas dificuldades socias e das questões raciais ainda existente merece uma festa digna de sua população. Um povo sofrido, mas alegre e esperançoso.

Tomará que o Futebol auxilie a deixar o legado idealizado por Nelson Mandela durante a Copa do Mundo de Rugby de 1995. Desejo que  a África do Sul verdadeiramente torne-se a “nação arco-ìris” multirracial, multicultural e de igualdade entre seu povo.

Boa Copa à todos. Viva as vuvuzelas !!!

Abraços. Até !!!

Gostou? Insira o seu email para receber as atualizações do blog!

No spam guarantee.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

2 thoughts to “Copa do Mundo de Futebol – um pouco de psicologia e alguns palpites …”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *